Criada em 2016, Associação Brasileira de Clubes de eSports elege novo presidente

Vitor Bexiga, presidente da Associação Brasileira de Clubes de e-Sports (Foto: divulgação)

A Associação Brasileira de Clubes de e-Sports (ABCDE) acaba de escolher seu novo presidente. Vitor Bexiga, CEO da ProGaming, assumiu o cargo antes ocupado por Carlos Fonseca, presidente do CNB e-Sports, que terminou seu mandato de dois anos à frente da entidade.
A votação para novo presidente da Associação Brasileira de Clubes de e-Sports aconteceu em uma assembleia da qual participaram os representantes dos clubes que fazem parte da entidade. Lucas Almeida, CEO do INTZ, seguirá na vice-presidência.
LEIA TAMBÉM:
– Abragames cria selo para premiar a diversidade na indústria de jogos digitais
– Estudo relaciona uso de redes sociais a desordens comportamentais
“É um grande prazer representar essa Associação da qual faço parte há quase três anos e que representa os principais clubes de e-sports do Brasil”, disse o novo presidente ao tomar posse. “O foco da minha gestão será o desenvolvimento comercial e de novos produtos da ABCDE, visando sempre à expansão do cenário brasileiro, trazendo à tona novas produtoras e apresentando a novos investidores este fascinante mundo dos games.”
A ABCDE foi criada em 2016 pelos principais clubes de e-sports do país. A Associação nasceu com o objetivo de acompanhar e fomentar o crescimento do universo dos jogos eletrônicos competitivos no Brasil. Representam a Associação, como fundadores, as equipes Big Gods, CNB eSports, INTZ eSports, KaBuM! eSports, Operation Kino, paiN Gaming, Pro Gaming e Vivo Keyd. Brave, T-Show e Team One, NSE e-Sports e a Redemption eSports, Uppercut, Santos esports, Bulldozer, BGH são membros aspirantes.
Uma das principais conquistas da ABCDE foi a criação da Superliga, em 2017, que terá sua terceira edição neste ano. A competição visa a expandir o calendário de League Of Legends.
O Brasil é um dos gigantes internacionais da indústria de e-sports. Segundo levantamento da Newzoo, consultoria especializada no mercado de games e de mobile, o público cativo da modalidade conta com 7,8 milhões de brasileiros, o terceiro maior do mundo, atrás apenas do registrado nos Estados Unidos e na China.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta