ABPA lança marca para impulsionar exportações de material genético de aves

0
1

A cadeia produtora de genética avícola brasileira lançou nesta quarta-feira (28/8) sua nova marca para promoção internacional, a Brazilian Breeders. A novidade será adotada por empresas brasileiras como mais uma ferramenta para acessar mercados no exterior nos segmentos de ovos e carne de frango.
LEIA TAMBÉM:
Associação lança campanha para aumentar o consumo de peixe no Brasil
O que associações de setores exportadores dizem sobre o acordo UE-Mercosul
Indústria de café: reeleito, Ricardo Silveira comandará a Abic até 2022
A marca foi criada em parceria entre a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e os produtores do setor. Seu lançamento oficial ocorreu no Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), em São Paulo.
Segundo a ABPA, a ação deve potencializar o trabalho das casas genéticas em feiras internacionais, road shows e eventos em mercados potenciais. “A sanidade é um problema no mundo, e o Brasil tem sanidade plena”, diz o presidente da entidade, Francisco Turra.
Em 2018, as exportações de genética avícola brasileira geraram receita de US$ 76,7 milhões. Segundo a entidade, o setor pretende crescer 15% este ano. Para 2020, a meta é de avanço de 30%. “Nós vendemos a carne, mas queremos mostrar que também podemos vender o material genético”, afirma Ricardo Santin, diretor executivo da ABPA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui