Porsche e Boeing unem-se para criar carros elétricos voadores “premium”

A Porsche, marca de esportivos da Volkswagen, acaba de anunciar uma parceria com a Boeing para criar carros elétricos voadores “premium”. As duas empresas assinaram um memorando para estudar maneiras de desenvolver um modelo “premium” de um eVTOL (veículo elétrico para pouso e decolagem verticais).

O mercado inexplorado de drones de passageiros atrai marcas de mobilidade como a Uber, montadoras como a Rolls-Royce (do Grupo BMW), e empresas aéreas como a brasileira Embraer. No ano passado, a Audi (também da Volkswagen) anunciou uma parceria com a Airbus.

LEIA TAMBÉM:
Robôs e humanos serão colegas, e não rivais, diz estudo do MIT
DNA da inovação: como empresas que só dão prejuízo valem bilhões
– 
Executivos brasileiros elegem as 25 empresas com negócios mais inovadores

A Porsche, por sua vez, diz querer ir além do “táxi aéreo” ao explorar o conceito “premium” na nova era da mobilidade. Em termos práticos, é difícil saber o quão “diferenciado” pode ser o projeto, já que a expectativa de valor para veículos do tipo já é consideravelmente alta. Mesmo assim, a marca de esportivos de luxo, afirma que o mercado de mobilidade aérea será grande o suficiente para iniciativas do tipo.

O site TechCrunch cita uma pesquisa interna realizada pela companhia que mostra que o transporte aéreo pessoal tende a crescer significativamente a partir de 2025. E é por isso que a Porsche vai investir no setor.

Em comunicado, Detlev von Platen, chefe de vendas da marca, disse que a Porsche está tentando melhorar seu alcance como fabricante de carros esportivos, tornando-se uma marca líder em mobilidade premium. “Essa iniciativa pode significar uma mudança para a terceira dimensão das viagens”, disse.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta