Um universitário como CEO? É exatamente isso o que a Adecco quer fazer

A Adecco, empresa de recrutamento e seleção de profissionais que atua em mais de 60 países, já está com inscrições abertas para a nova edição do programa “CEO for One Month”. Com a iniciativa, a companhia vai escolher um universitário em cada um dos 46 países participantes para concorrer a uma vaga de CEO global por um mês na Suíça.

O programa existe desde 2014 e tem como objetivo oferecer uma experiência real para preparar jovens talentos para o mundo do trabalho. Na última edição, a Adecco recebeu mais de 200 mil inscrições pelo mundo, sendo 4 mil no Brasil.

LEIA TAMBÉM:
Onze horas no trabalho, menos de sete de sono: o dia de um CEO brasileiro
CEO decide pagar salário mínimo de R$ 300 mil a todos os funcionários. Por quê?
No Brasil, remuneração de executivos estimula foco no lucro de curto prazo

Para participar, só é preciso estar cursando ensino superior em alguma universidade ou instituição de ensino, informa o portal Exame. Os organizadores reiteram que o candidato precisa ter capacidade de comunicação oral e escrita em inglês, já que todo o processo será realizado no idioma.

O novo “CEO” trabalhará em julho de 2020 e receberá o salário de € 3,5 mil (o equivalente, hoje, a R$ 16,3 mil). O brasileiro selecionado concorrerá a uma vaga na etapa global do programa com os outros selecionados pelo mundo – apenas um participante da etapa global será escolhido para trabalhar por um mês com o CEO do grupo, Alain Dehaze. Em 2019, Guilherme Servidoni (foto), de 22 anos, estudante de engenharia da computação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foi o primeiro brasileiro a participar da etapa internacional do programa.

Após o período de inscrição, com testes e entrevistas online, o CEO for One Month vai selecionar dez finalistas para um bootcamp em São Paulo. No mesmo dia, será definido o representante nacional do programa.

Com iniciativas como essa, a Adecco tem marcado presença no ranking global das melhores empresas para trabalhar. Na última edição da pesquisa Great Place to Work, a companhia apareceu na 11ª colocação. O levantamento é feito a partir de entrevistas com 12 milhões de funcionários de 8 mil empresas de todo o mundo.

As inscrições para participar do CEO for One Month vão até dia 27 de fevereiro. Os interessados podem se candidatar pelo site.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta