Sete caminhos para a produtividade

Participar do dia-a-dia de uma entidade setorial, não importa a natureza da sua função ou o seu nível hierárquico, traz desafios bastante complexos e que exigem grande jogo de cintura e disciplina. Conciliar a gestão interna da associação, que tem seus próprios processos e atividades, com a gestão dos associados, que também possuem seus formatos de trabalho e demandas específicas, requer uma permanente busca de sintonia.
Para ajudar a não perder o foco, algumas regras básicas podem fazer toda a diferença. O Associações Hoje ouviu a consultora Karina Lima, da Kilai Colaboração & Saber, que destacou alguns pontos:
Para render, particione a rotina
O horário de expediente deve ser organizado para contemplar grupos-chave de tarefas tais como solução de pendências, projetos em andamento, conexões, e-mails, follow-ups e desenvolvimento pessoal para que mantenhamos todos esses ‘pratinhos girando’. Intervalos ao longo da rotina contribuem para manter o foco e a atenção.
Use ferramentas de apoio
Além do seu calendário no celular ou e-mail, há aplicativos versáteis tais como o Evernote, que permitem não só o cadastro de compromissos, mas também a captura de ideias, materiais digitalizados ou anotações de forma extremamente organizada. Se você é adepto das anotações em papel, há modelos de planners – aqueles cadernos com espaço para anotações e compromissos, além de agendas que permitem visualização semanal de suas tarefas. Seja qual for a ferramenta, buscar conforto, equilíbrio e adequação é fundamental.
O mito multitarefa
Quando tentamos desempenhar várias tarefas simultaneamente, estamos mais suscetíveis a falhas. Haverá mais episódios de distração e, em geral, desempenharemos mais vagarosamente essas ações pulverizadas. Vale refletir: um dia marcado por um número sem-fim de tarefas simultâneas costuma ser mais caótico ou produtivo para você?
Extravase as emoções
Sabe aquela carga emocional acumulada que te faz cerrar os dentes e franzir as sobrancelhas? Coloque-a para fora através do diálogo assertivo no escritório e de uma atividade física, fora dele. Gastar suas energias e canalizar a mente apenas para a movimentação do corpo traz ganhos inacreditáveis de concentração e resiliência no trabalho.
Mantenha conversas que importam
Esteja 100% presente em seus telefonemas, reuniões e interações interpessoais em geral, extraindo máximo aproveitamento desses encontros e catalisando seus resultados. As boas conversas, assim como as atividades físicas, exigem treino e condicionamento para atingirem plenamente seus objetivos.
Invista em boas noites de sono
Dormir um bom número de horas (de 6 a 8, dependendo da pessoa) ajuda na recuperação de seus órgãos e músculos, além de apoiar o cérebro a organizar melhor suas memórias e aprendizados. Além disso, o descanso permite que nosso corpo processe e limpe melhor as toxinas e fortaleça o sistema imunológico. Alguns minutos antes de dormir, aproveite para desligar tudo: TV, tablet, computador e celular, se conseguir essa façanha. Ao acordar, você estará inteiro para uma nova jornada e sua produtividade será maior.
Viva o agora
O cérebro preocupado com as agruras do passado ou as incertezas do futuro nos dá uma percepção de que o tempo passa muito depressa – isso não é verdade. Nossa mente, na realidade, potencializa a lembrança daquilo que fazemos de forma consciente, plena e decidida. Quantas vezes você não chegou ao trabalho sem nem se dar conta de que caminho tomou? Não caia na armadilha do piloto automático, investindo em dias mais carregados de propósito, disciplina e ação!

Karina iniciou carreira na indústria de viagens e especializou-se em Comunicação com o Mercado pela ESPM. É habilitada em Coaching Executivo e de Vida pela SLAC [Sociedade Latino Americana de Coaching] e Practitioner em Programação Neurolinguística pela Sociedade Brasileira de PNL. Hoje, cria e aplica treinamentos, palestras e workshops para equipes de vendas e líderes que querem mais. Sua expertise está na Comunicação com o Mercado e na Gestão de Experiências de Consumo. Atua como gestora de projetos voluntários com apoio a crianças e adolescentes.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta