Podcast Associações #2 – Fernando Canhadas

Leia também

No último mês de março, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela retirada do ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins. Após o julgamento, a PGFN (Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional) já declarou que irá recorrer ao Supremo para pedir a chamada “modulação” a partir de 2018, ou seja, fazer com que a decisão da corte passe a valer apenas para novos casos a partir do próximo ano, e não retroativamente, como querem as empresas. Além dessa definição, que pode sair ainda no primeiro semestre, outro tema que deverá ocupar novas discussões é a extensão desta decisão também para o ISS, o que poderia ter um impacto mais direto para associações e entidades. Associações Hoje ouviu o advogado Fernando Canhadas, mestre e doutor em Direito pela PUC/SP e professor de Direito Administrativo e Tributário, que falou sobre a expectativa em relação a esse tema e os pontos ainda em discussão. Ouça abaixo os principais trechos da entrevista.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

#NãoVolte: CEOs defendem que mundo não volte a ser como antes da pandemia

Um grupo de quase 50 líderes empresariais brasileiros, entre os quais estão mais de 30 CEOs, aderiu a uma campanha internacional que defende que...

O que coloca São Paulo entre os 100 maiores polos científicos do mundo

São Paulo está entre os 100 principais polos de produção científica do mundo, segundo um novo ranking, publicado neste início de setembro. A lista é um...

Filantropia aumenta a desigualdade em vez de reduzi-la, diz novo livro

A filantropia nunca foi tão intensa no mundo quanto nos dias de hoje, mas, em vez de ajudar a reduzir a distância de renda...

Carlos Brito, da AB InBev: os três pilares da liderança corporativa

Após mais de uma década, Carlos Brito pode estar perto de encerrar sua trajetória como principal executivo da Anheuser-Busch InBev. O Financial Times informou nesta...

As diferenças entre o boom de IPOs de 2020 e o de 2007

Se o ritmo atual se mantiver, o mercado de capitais brasileiro deve registrar um volume recorde de lançamentos de novas ações na B3. Nesta...