Páscoa gera 25 mil empregos temporários, diz Abicab

Entre os brasileiros, 63% possuem o hábito de presentear com chocolates na Páscoa. Os dados fazem parte de recente pesquisa do IBOPE encomendada pela Abicab. Com base nesse comportamento do consumidor nacional é que as indústrias do setor de chocolates a cada ano desenvolvem produtos inovadores. Considerado o período mais importante para o setor de chocolates, a Páscoa movimenta a economia do País, além de aquecer a indústria e o varejo com diversas novidades preparadas pelas fabricantes.  No ano passado, foram produzidas 14,3 mil toneladas de chocolate para a data, o equivalente a 58 milhões de ovos de Páscoa em todo o País. Para a Páscoa deste ano, no período de outubro de 2016 a março de 2017, a Abicab estima que as indústrias e lojas especializadas devem gerar cerca de 25 mil empregos temporários em todo Brasil.  “Os números confirmam o compromisso das indústrias de chocolate em gerar emprego e investimento, contribuindo para o reaquecimento da economia do país”, analisa Ubiracy Fonseca, presidente da Associação. Com um consumo per capita de 2,5 kg/ano, o Brasil é o 5º maior consumidor de chocolate do mundo, gerando, em 2015, um faturamento de R$ 12,4 bilhões. “Cremos que 2017 será um ano melhor do que 2016 para o nosso setor e, portanto, esperamos voltar a crescer”, completa Ubiracy Fonseca.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta