Apas aponta alta do café da manhã

Leia também

O pão com manteiga e o café com leite ficaram mais caros em 2017, segundo levantamento da APAS — Associação Paulista de Supermercados — por meio do Índice de Preços nos Supermercados (IPS/APAS/FIPE). A alta mais significativa foi notada no preço do café, que chegou a 14,58% neste ano. Em 12 meses a variação foi de 26,44%. Já o leite longa vida tipo B registrou aumento de 6,55% no ano, mas teve queda de 2,35% em 12 meses. Este aumento se refletiu nos seus derivados: a manteiga subiu 7,86% ao longo deste ano e chegou a 19,80% nos últimos 12 meses. Quanto ao pão francês, a alta em 2017 foi de 0,43%, enquanto em 12 meses subiu 4,45%.
De acordo com a associação, os preços foram impactados pelos custos de produção e por questões climáticas. A alta no preço do pão francês, por exemplo, foi ocasionada pelos ingredientes de seu preparo, principalmente o preço do trigo. Já o preço do leite foi em decorrência do aumento nos custos da ração animal e da redução da quantidade e qualidade do pasto, que geram menor produção de leite, impactando nos preços do produto final. E, consequentemente, a alta se refletiu nos derivados do leite, como a manteiga, por exemplo. A alta no preço do café se deve ao ritmo lento da colheita, diante da demorada maturação dos grãos frente a um período de excesso de chuvas, o que gera uma menor disponibilidade do item, pressionando os preços para cima. Aliado a isto, a maior demanda internacional pelo grão favoreceu os preços nos mercados externo e interno, contribuindo para um comportamento de alta ao longo do ano.
A APAS reforça que a tendência para os meses de julho e agosto ainda é de pressão sobre os preços de alguns itens, mas a partir de setembro deve se estabilizar e, posteriormente, os preços podem apresentar queda, diante do equilíbrio entre a oferta e a demanda destes itens.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

#NãoVolte: CEOs defendem que mundo não volte a ser como antes da pandemia

Um grupo de quase 50 líderes empresariais brasileiros, entre os quais estão mais de 30 CEOs, aderiu a uma campanha internacional que defende que...

O que coloca São Paulo entre os 100 maiores polos científicos do mundo

São Paulo está entre os 100 principais polos de produção científica do mundo, segundo um novo ranking, publicado neste início de setembro. A lista é um...

Filantropia aumenta a desigualdade em vez de reduzi-la, diz novo livro

A filantropia nunca foi tão intensa no mundo quanto nos dias de hoje, mas, em vez de ajudar a reduzir a distância de renda...

Carlos Brito, da AB InBev: os três pilares da liderança corporativa

Após mais de uma década, Carlos Brito pode estar perto de encerrar sua trajetória como principal executivo da Anheuser-Busch InBev. O Financial Times informou nesta...

As diferenças entre o boom de IPOs de 2020 e o de 2007

Se o ritmo atual se mantiver, o mercado de capitais brasileiro deve registrar um volume recorde de lançamentos de novas ações na B3. Nesta...