Lançamentos da incorporação imobiliária aumentam 8% nos últimos 12 meses

Leia também

Dados da Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias) apontam que foram lançadas cerca de 69,5 mil unidades nos últimos 12 meses, entre empreendimentos residenciais, comerciais e de desenvolvimento urbano. Esse volume corresponde a um aumento de 8,0% em relação ao período anterior. No mesmo intervalo, foram vendidas 103,7 mil unidades (queda de 2,0%) e entregues 126,1 mil unidades (alta de 3,3%).
Os empreendimentos residenciais de médio e alto padrão (MAP) responderam por 20,1% do total de unidades lançadas, 34,9% das unidades vendidas, 39,1% das entregas e 36,9% da oferta média do período. No comparativo de 12 meses, os lançamentos do segmento recuaram 0,9% em relação ao período precedente, ao passo que as vendas apresentaram queda de 13,6%. Na mesma base, as entregas de empreendimentos MAP aumentaram ligeiramente, em 1,5%, enquanto o volume médio ofertado no segmento declinou 8,2%. Finalmente, vale destacar que a relação entre distratos e vendas foi de 50,9% nos últimos 12 meses. Levando-se em conta a safra de lançamentos mais antiga do segmento na série histórica (1º trimestre de 2014) a proporção de unidades distratadas entre as unidades vendidas do segmento MAP foi de 30,6%.
Os empreendimentos do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) foram responsáveis, nos últimos 12 meses, por 78,1% das unidades lançadas, 55,8% das unidades vendidas, 48,6% das entregas e 46,6% da oferta média disponível ao longo do período. Em termos de variação, o comparativo de 12 meses indica que os lançamentos do programa MCMV foram 14,8% superiores ao total contabilizado no período anterior, tendência positiva acompanhada pelas vendas (+18,7%), entregas (+1,9%) e também pela oferta média (+31,6%) do programa. Considerando a safra de lançamentos MCMV mais antiga da série histórica (1º. trimestre de 2014) a proporção de unidades distratadas entre as unidades vendidas atingiu a marca de 19,5%, ao passo que a relação entre distratos e vendas do segmento foi de 22,4% nos últimos 12 meses.
Os Indicadores Abrainc/Fipe do Mercado Imobiliário são desenvolvidos e calculados pela Fipe em parceria com a Abrainc, com base em informações disponibilizadas pelas incorporadoras associadas.
 
 

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

#NãoVolte: CEOs defendem que mundo não volte a ser como antes da pandemia

Um grupo de quase 50 líderes empresariais brasileiros, entre os quais estão mais de 30 CEOs, aderiu a uma campanha internacional que defende que...

O que coloca São Paulo entre os 100 maiores polos científicos do mundo

São Paulo está entre os 100 principais polos de produção científica do mundo, segundo um novo ranking, publicado neste início de setembro. A lista é um...

Filantropia aumenta a desigualdade em vez de reduzi-la, diz novo livro

A filantropia nunca foi tão intensa no mundo quanto nos dias de hoje, mas, em vez de ajudar a reduzir a distância de renda...

Carlos Brito, da AB InBev: os três pilares da liderança corporativa

Após mais de uma década, Carlos Brito pode estar perto de encerrar sua trajetória como principal executivo da Anheuser-Busch InBev. O Financial Times informou nesta...

As diferenças entre o boom de IPOs de 2020 e o de 2007

Se o ritmo atual se mantiver, o mercado de capitais brasileiro deve registrar um volume recorde de lançamentos de novas ações na B3. Nesta...