ABVTEX: Planejamento orienta ações

Leia também

Entrevista com Edmundo Lima, diretor-executivo da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX)

Associações Hoje –
De que forma foi (ou está sendo) feito o planejamento da ABVTEX para 2018?
Edmundo Lima – A ABVTEX foi fundada em 1999 e representa as principais redes de varejo de vestuário, calçados, bolsas, acessórios e artigos têxteis para o lar. Ela atua em quatro pilares estratégicos: erradicação do trabalho análogo ao escravo, o combate à informalidade, o desenvolvimento da cadeia fornecedora e a manutenção do livre mercado. Seu planejamento estratégico para 2018 está sendo feito para orientar a direção da entidade e o foco é no desenvolvimento da cadeia fornecedora dos varejistas de moda e no processo de melhoria contínua e evolução do Programa ABVTEX, assim como consolidar a entidade como interlocutora do varejo de moda junto ao governo, fornecedores, entidades de classe e consumidores, estes cada vez mais conscientes em relação à garantia de origem de produto.
AH – Qual foi o impacto do planejamento do ano passado nas ações empreendidas pela ABVTEX em 2017?
Lima – Foi bastante positivo, uma vez que fortalecemos o Programa ABVTEX com o desenvolvimento de políticas, processos e procedimentos mais adequados aos programas desta natureza e às necessidades dos varejistas associados. Também ampliamos a possibilidade da entrada de novos fornecedores no programa. Anteriormente, apenas os fornecedores vinculados aos varejistas signatários podiam participar. A ABVTEX também realiza parcerias importantes com entidades como Senai, Sebrae, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Uniethos, só para citar algumas, em prol do desenvolvimento do setor de confecções. Para a ABVTEX, o fornecimento responsável e a formalização das relações comerciais e de trabalho são fundamentais para a construção de um ambiente de competição saudável em condições de igualdade para todos.
AH – Quais são os principais desafios para 2018 – tanto do setor, quanto da própria associação em termos de organização?
Lima – A ABVTEX deu início em 2017 à construção e implementação do planejamento estratégico do programa para os próximos cinco anos. A proposta é ampliar sua base de atuação, a transparência e seu caráter inclusivo, envolvendo também aspectos relacionados ao meio ambiente. A entidade também está iniciando um processo interno de planejamento estratégico. O objetivo é deixar claro ao mercado nosso propósito enquanto associação e o impacto deste esforço conjunto setorial junto à sociedade. Os associados da ABVTEX representam, segundo estimativas de 2016, 380 mil empregos, R$ 48 bilhões de faturamento e seis mil pontos de venda distribuídos em todo o País. Os desafios para a ABVTEX e para o mercado que representa são o de ampliar os canais de diálogo com todos os atores que transitam neste universo de mudanças e que exigem uma resposta rápida em todos os aspectos.
AH – O que um bom planejamento de associação deve incluir?
Lima – Uma associação de classe é o ambiente que une empresas concorrentes com questões e desafios comuns. A ABVTEX tem o mérito de representar um setor de acirrada concorrência, mas que acredita no compartilhamento de informações e experiências para o desenvolvimento do mercado. O Programa ABVTEX é um exemplo, pois surgiu a partir da junção das melhores práticas das auditorias realizadas pelas próprias varejistas. Os gestores das associações devem estar atentos às tendências e necessidades dos associados, às movimentações do mercado, às oportunidades de parcerias e desenvolvimento de ações que contribuam efetivamente para os resultados das empresas com forte impacto junto aos stakeholders. Um bom planejamento deve propiciar um propósito claro para a entidade. É preciso refletir sobre quais resultados sociais, econômicos e ambientais é preciso atingir e como engajar os associados para conquista destes resultados. Para engajar os associados, uma questão fundamental é a clareza dos desafios operacionais e de processo, assim como qual a cultura precisamos estimular entre eles.
2018.02.07 Edmundo Lima
Leia mais sobre os desafios do planejamento aqui no Associações Hoje.

(Sérgio Siscaro)

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes