As quatro tendências de recrutamento para 2020, segundo o LinkedIn

Leia também

Em 2020, o foco na experiência dos funcionários, o uso mais frequente de dados para medir a performance do colaborador, o recrutamento interno para manter os profissionais na empresa e equilibrar, no mesmo ambiente de trabalho, o número de colaboradores jovens e experientes serão as quatro principais tendências de recrutamento das empresas. Essa é uma das descobertas do relatório Tendências Globais de Talento, elaborado pela rede social profissional LinkedIn.

A pesquisa foi feita com mais de 7 mil profissionais das áreas de recursos humanos e com gestores de recrutamento de 35 países, entre eles o Brasil. As consultas foram feitas entre 24 de agosto e 30 de setembro de 2019 por meio de um questionário enviado por e-mail.

LEIA TAMBÉM:
Trabalhadores brasileiros confiariam mais em robô do que no chefe, diz pesquisa
Bloquear sites na empresa aumenta a produtividade dos funcionários?
As dez habilidades no trabalho mais procuradas no mundo, segundo o LinkedIn

Experiência
O estudo mostra um esforço maior das empresas de apostar na experiência dos funcionários para melhorar a retenção e a marca empregadora. De acordo com a pesquisa, 77% dos entrevistados disseram já focar na experiência dos funcionários para aumentar a retenção.

Apesar dos benefícios que a experiência do funcionário pode significar, o levantamento também revelou que somente 52% das empresas consultadas oferecem uma experiência positiva. Além disso, uma de cada três empresas não trabalha ativamente no feedback do colaborador.

Dados
A análise de dados já prometia revolucionar o recrutamento e a área de recursos humanos há uma década, mas, até recentemente, apenas as empresas mais sofisticadas puderam colher os frutos. Agora é chegada a hora em que os dados são acessíveis a todos. Compreender e capitalizar a análise está rapidamente se tornando uma habilidade essencial na área. Prova disso é que houve um aumento de 242% na quantidade profissionais de recursos humanos com habilidades de análise de dados nos últimos cinco anos.

Para 73% dos entrevistados, a análise de pessoas será uma das principais prioridades de sua empresa nos próximos cinco anos. No entanto, 55% dos profissionais de talentos dizem que ainda precisam de ajuda para colocar em prática as análises básicas de pessoas.

Segundo a pesquisa, o uso mais frequente de dados nas companhias é para medir a performance do colaborador (82%). O planejamento estratégico do quadro de funcionários e a identificação da falta de habilidades vêm em segundo e terceiro lugar, com 77% e 70%, respectivamente.

Recrutamento interno
O recrutamento interno está voltando gradualmente. As mudanças de função nas organizações (por meio de promoção, transferência ou movimentação lateral) aumentaram 10% nos últimos cinco anos, de acordo com dados do LinkedIn. Na pesquisa, 73% dos profissionais consultados disseram ainda que o recrutamento interno é cada vez mais importante para a empresa. Eles citam a melhora na retenção (81%), a aceleração na produtividade do contratado (69%) e a rapidez no processo de contratação (63%) como os principais motivos para essa estratégia.

Equilíbrio nas idades
As aposentadorias tardias e a chegada da Geração Z ao mercado de trabalho significam que as empresas estão vendo mais diversidade de idade do que nunca. Jovens, experientes e todos os outros níveis podem ajudar a provar que o bom trabalho não tem idade. O relatório mostrou que 56% das empresas afirmam ter atualizado suas políticas recentemente para atrair um quadro de funcionários de múltiplas gerações. Para 89% dos profissionais de talentos, essa tendência torna uma empresa mais bem sucedida.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

Startups de energia receberam só neste ano 78% do total de investimentos no setor desde 2015

No ano de uma das piores crises hídricas do Brasil com consequências sobre a produção de energia, as startups do setor já receberam R$...

Nestlé oferece empatia e acolhimento com Projeto Supera

As empresas têm de lidar a todo momento com os impactos ainda presentes da pandemia. Um dos mais complexos é o luto de quem...

Pesquisa mostra que líderes empresariais esperam garantir ganhos de sustentabilidade e mudanças climáticas

Uma pesquisa realizada pela KPMG neste ano com 500 CEOs globais de consumo e varejo,mostra que 92% deles desejam garantir os ganhos de sustentabilidade...

Reino Unido deve ter mais investimentos estatal para ampliar oferta de carregadores para carros elétricos nas ruas

O Reino Unido foi a primeira região do mundo a anunciar que a partir de 2030 não serão mais comercializados veículos a combustão fóssil,...

Extra investe em empreendimentos liderados por mulheres negras de periferias do Brasil

Criado em 2020 para apoiar empreendimentos de mulheres negras periféricas e contribuir para a manutenção dos seus negócios, o projeto da rede Extra, por...