De tarô a meditação com violoncelo: Airbnb testa novos caminhos na pandemia

Leia também

O Airbnb está testando novos caminhos para fazer frente à crise do coronavírus, que atingiu em cheio a indústria do turismo em todo o mundo. Com as viagens afetadas por causa da pandemia e das medidas de isolamento social, a plataforma de estadias e atividades turísticas passou a oferecer experiências online a seus usuários.

O cardápio, diversificado, inclui de passeios virtuais de bicicleta a tutoriais de maquiagem coreanos, de meditação com violoncelo (foto) a shows de comédia, de tarô a aulas de confeitaria. Segundo a empresa, a iniciativa é parte dos esforços para que os anfitriões cadastrados na plataforma possam ter alguma renda enquanto a locação de quartos e imóveis não pode ser retomada.

A oferta de experiências digitais a quem não pode viajar no momento é uma adaptação do Airbnb Experiences. Lançado em 2016, o serviço foi criado como parte dos planos da plataforma de se transformar em uma empresa de viagens completa, e não apenas de hospedagem. Em sua versão original, o Experiences oferecia passeios, eventos e atividades organizadas por indivíduos e empresas locais em cidades ao redor do mundo.

O Experiences começou a ser deixado de lado assim que as viagens começaram a ser afetadas pela pandemia, e o Online Experiences assumiu seu papel. As experiências virtuais ocorrem pelo aplicativo de videoconferências Zoom. Em média, em reais, as experiências custam R$ 73 e têm duração de 60 a 90 minutos.

Nesta fase, há mais de 50 opções de experiências, disponíveis neste link; milhares de outras devem entrar nos próximos meses. Ainda não há anfitriões do Brasil oferecendo experiências online, mas qualquer pessoa do país pode participar das atividades oferecidas em outras partes do mundo. Anfitriões interessados em oferecer experiências digitais têm mais informações no endereço https://www.airbnb.com.br/onlinehost.

Clique aqui e leia no Vida de Empresa histórias sobre como as companhias estão enfrentando o coronavírus.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

#NãoVolte: CEOs defendem que mundo não volte a ser como antes da pandemia

Um grupo de quase 50 líderes empresariais brasileiros, entre os quais estão mais de 30 CEOs, aderiu a uma campanha internacional que defende que...

O que coloca São Paulo entre os 100 maiores polos científicos do mundo

São Paulo está entre os 100 principais polos de produção científica do mundo, segundo um novo ranking, publicado neste início de setembro. A lista é um...

Filantropia aumenta a desigualdade em vez de reduzi-la, diz novo livro

A filantropia nunca foi tão intensa no mundo quanto nos dias de hoje, mas, em vez de ajudar a reduzir a distância de renda...

Carlos Brito, da AB InBev: os três pilares da liderança corporativa

Após mais de uma década, Carlos Brito pode estar perto de encerrar sua trajetória como principal executivo da Anheuser-Busch InBev. O Financial Times informou nesta...

As diferenças entre o boom de IPOs de 2020 e o de 2007

Se o ritmo atual se mantiver, o mercado de capitais brasileiro deve registrar um volume recorde de lançamentos de novas ações na B3. Nesta...