Na pandemia, QuintoAndar oferece e-commerce de graça para pequenos negócios

Leia também

Cresce o número de pessoas que evitam notícias sobre o coronavírus

Nos primeiros meses da pandemia, a busca por novidades sobre o assunto disparou. No fim de março, com o avanço do coronavírus, o tráfego...

Surto de desinformação: robôs disparam 45% dos tuítes sobre a covid-19

A avalanche de mentiras sobre a covid-19 já foi definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como a "infodemia", o surto de desinformação. Um...

Pandemia: anúncio com tom “estamos com você” já não mobiliza consumidor

Na pandemia, as pessoas passaram a consumir mais conteúdo - e isso inclui publicidade. Por um lado, isso reforça a importância de empresas e...

Desemprego de jovens na pandemia pode criar “herança de décadas”

A pandemia ameaça criar uma geração perdida de jovens, afetados pelo aumento do desemprego e mais expostos a trabalhos precários. Mais de uma a...

Em mais um exemplo de como as empresas podem ajudar a enfrentar a crise do coronavírus, a imobiliária digital QuintoAndar decidiu oferecer acesso gratuito a uma plataforma de comércio eletrônico que ela lançou em abril. Por 60 dias, os pequenos comerciantes que estão usando a ferramenta Classificados da Vizinhança poderão ter acesso sem custos.

Segundo o QuintoAndar, com a iniciativa, feita a partir de uma parceria com a empresa Nuvemshop, os mais de 2 mil empreendedores já cadastrados na plataforma poderão ampliar sua presença digital durante e depois da pandemia. QuintoAndar e Nuvemshop também vão oferecer cursos de capacitação para que os comerciantes saibam como chegar ao consumidor pela internet. A primeira palestra será nesta quinta-feira (14/5), às 18h, no Instagram do QuintoAndar.

A imobiliária lançou o site Classificados da Vizinhança no fim de abril para funcionar como vitrine para prestadores de serviço e pequenos negócios de bairro. O site é dividido em categorias de negócios, como alimentação, aulas online, terapias, beleza, arquitetura e comunicação e marketing.

Não há transações financeiras na plataforma. Segundo o QuintoAndar, a iniciativa surgiu como uma solução imediata para a pandemia, mas pode continuar a existir depois dela, informou a Exame.

Essa não é a única ação que a apresenta criou por causa da covid-19. Com as visitas presenciais aos imóveis suspensas, a startup precisou desenvolver um modelo totalmente virtual para que os inquilinos possam conhecer os imóveis. Com o botão “falar com o corretor”, o cliente da plataforma consegue conversar pelo WhatsApp com um corretor parceiro. Este, por sua vez, mostra detalhes sobre imóvel e o bairro e tira dúvidas sobre o processo de aluguel do QuintoAndar.

Clique aqui e leia no Vida de Empresa histórias sobre como as companhias estão enfrentando o coronavírus.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

Desemprego de jovens na pandemia pode criar “herança de décadas”

A pandemia ameaça criar uma geração perdida de jovens, afetados pelo aumento do desemprego e mais expostos a trabalhos precários. Mais de uma a...

Cresce o número de pessoas que evitam notícias sobre o coronavírus

Nos primeiros meses da pandemia, a busca por novidades sobre o assunto disparou. No fim de março, com o avanço do coronavírus, o tráfego...

Como Portugal tem combatido as fake news na pandemia

Por Marcos Freire*, de Ovar (Portugal), especial para o Vida de Empresa Parece não ser exagero dizer que as notícias sobre a pandemia - as...

Pandemia: anúncio com tom “estamos com você” já não mobiliza consumidor

Na pandemia, as pessoas passaram a consumir mais conteúdo - e isso inclui publicidade. Por um lado, isso reforça a importância de empresas e...

As vantagens dos escritórios que o home office (ainda) não tem

O trabalho remoto como norma, e não mais como exceção, tem sido amplamente considerado uma das mudanças trazidas pelo novo coronavírus que devem seguir...