Adidas une-se a startup para criar o “tênis mais sustentável do mundo”

Leia também

A Adidas, uma das gigantes entre as marcas esportivas, com sete décadas de existência, uniu-se à Allbirds, uma startup criada há seis anos, para desenvolver o que ambas têm chamado de o tênis esportivo mais sustentável do mundo. Ainda não há maiores detalhes sobre o projeto, mas a previsão é que ele seja lançado em 2021.

Juntas, as duas empresas querem criar um tênis que emita apenas 2kg de carbono ao longo de sua cadeia de produção, número bem abaixo da média do mercado, de 12,5kg. A Allbirds nasceu em 2014 com a ideia de desenvolver uma alternativa ecológica aos tênis produzidos pelas principais marcas. Hoje, cada par produzido pela startup emite 7,6kg de carbono.

Por ano, o mundo produz 24 bilhões de pares de calçados, ou o equivalente a três pares para cada ser humano. Essa atividade exige recursos naturais como petróleo, couro e algodão, além de depender de uma complexa cadeia de logística e suprimentos. Isso representa emissões de gases causadores da crise climática em todas as partes do processo.

A parceria entre Adidas e Allbirds começou a ser desenhada há um ano, registra a Fast Company. Neste ano, em seus esforços de produção sustentável, a startup passou a informar em uma etiqueta exatamente quantos quilos de dióxido de carbono foram usados ​​no processo de fabricação dos tênis. No entanto, com pouca escala, o alcance de suas iniciativas tem sido limitado. A parceria com a Adidas permitirá um impacto maior dessas medidas.

A gigante alemã, por sua vez, também tem avançado na adoção de práticas mais sustentáveis. Ela passou a desenvolver tênis e roupas com plástico retirado dos oceanos e posteriormente reciclado, por exemplo. A iniciativa ocorre em parceria com a organização sem fins lucrativos Parlay for the Oceans. Em 2019, em edição limitada, a empresa também lançou o FutureCraft Loop (foto), um tênis de corrida totalmente reciclável.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

#NãoVolte: CEOs defendem que mundo não volte a ser como antes da pandemia

Um grupo de quase 50 líderes empresariais brasileiros, entre os quais estão mais de 30 CEOs, aderiu a uma campanha internacional que defende que...

O que coloca São Paulo entre os 100 maiores polos científicos do mundo

São Paulo está entre os 100 principais polos de produção científica do mundo, segundo um novo ranking, publicado neste início de setembro. A lista é um...

Filantropia aumenta a desigualdade em vez de reduzi-la, diz novo livro

A filantropia nunca foi tão intensa no mundo quanto nos dias de hoje, mas, em vez de ajudar a reduzir a distância de renda...

Carlos Brito, da AB InBev: os três pilares da liderança corporativa

Após mais de uma década, Carlos Brito pode estar perto de encerrar sua trajetória como principal executivo da Anheuser-Busch InBev. O Financial Times informou nesta...

As diferenças entre o boom de IPOs de 2020 e o de 2007

Se o ritmo atual se mantiver, o mercado de capitais brasileiro deve registrar um volume recorde de lançamentos de novas ações na B3. Nesta...