“Talentismo” define o novo capitalismo, diz pai do Fórum de Davos

Leia também

O talento, e não mais o dinheiro, é hoje o fator mais importante para o sucesso no capitalismo – e quem diz isso é ninguém menos que Klaus Schwab, o fundador do Fórum de Davos. A constatação de Schwab tem mais que um peso simbólico, já que o Fórum Econômico Mundial atrai todo ano para Davos, na Suíça, os maiores líderes políticos e empresariais do planeta para discutir justamente os destinos das finanças globais.

“O que precisamos reconhecer é que o empreendedorismo é atualmente a essência do capitalismo”, disse Klaus Schwab ao site japonês Nikkei Asian Review. “O capital foi o fator mais importante para o sucesso quando o capitalismo surgiu. Mas hoje não é mais.”

Com a declaração, Schwab reiterou a mensagem de que o mundo precisa construir novos sistemas sociais e econômicos depois da crise do novo coronavírus. Ele enfatizou que “não é mais apropriado” chamar de capitalismo o sistema econômico dominante no mundo, que estaria mais para “talentismo”. Segundo o alemão, essa abordagem põe mais ênfase na inovação.

Colocar o capital, e não o talento, como aspecto mais importante do capitalismo pode ser apenas um dos muitos exemplos do que Schwab chama de sistemas “obsoletos” da era pós-Segunda Guerra Mundial. Em particular nos anos mais recentes, esse anacronismo – segundo a visão do pai do Fórum de Davos – seria o fator em comum entre fenômenos como o aumento da desigualdade, a polarização entre comunidades e a destruição do meio ambiente.

Desde a última semana, Klaus Schwab, de 82 anos, tem sido o porta-voz da campanha “The Great Reset” (ou “O grande reinício”, em tradução livre). Com ela, o Fórum Econômico Mundial propõe que a pandemia seja o marco zero de um rearranjo nas finanças globais para um modelo mais sustentável e que reduza as desigualdades. “The Great Reset” será o tema do Fórum de Davos em janeiro de 2021.

Clique aqui e leia no Vida de Empresa histórias sobre como as companhias estão enfrentando o coronavírus.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

#NãoVolte: CEOs defendem que mundo não volte a ser como antes da pandemia

Um grupo de quase 50 líderes empresariais brasileiros, entre os quais estão mais de 30 CEOs, aderiu a uma campanha internacional que defende que...

O que coloca São Paulo entre os 100 maiores polos científicos do mundo

São Paulo está entre os 100 principais polos de produção científica do mundo, segundo um novo ranking, publicado neste início de setembro. A lista é um...

Filantropia aumenta a desigualdade em vez de reduzi-la, diz novo livro

A filantropia nunca foi tão intensa no mundo quanto nos dias de hoje, mas, em vez de ajudar a reduzir a distância de renda...

Carlos Brito, da AB InBev: os três pilares da liderança corporativa

Após mais de uma década, Carlos Brito pode estar perto de encerrar sua trajetória como principal executivo da Anheuser-Busch InBev. O Financial Times informou nesta...

As diferenças entre o boom de IPOs de 2020 e o de 2007

Se o ritmo atual se mantiver, o mercado de capitais brasileiro deve registrar um volume recorde de lançamentos de novas ações na B3. Nesta...