Qual foi – até agora – o impacto da pandemia sobre as marcas mais valiosas do mundo

0
9
Caminhão com a logomarca da Amazon, a marca mais valiosa do mundo em 2020 (Foto: David Ballew)

Todo ano, a empresa de pesquisas de mercado Kantar atualiza o BrandZ Top 100, ranking das marcas mais valiosas do mundo. A nova edição da pesquisa, divulgada nesta terça-feira (30/6), já apresenta alguns dos efeitos da pandemia sobre o valor das marcas. Essa leitura dá pistas sobre negócios mais e menos promissores no mundo que surgirá após o coronavírus.

Em primeiro lugar, talvez de maneira surpreendente, mesmo com a crise global surgida com a covid-19, o valor total das 100 marcas mais valiosas do planeta engordou nos últimos 12 meses. Com o crescimento de 6%, ou o equivalente a US$ 277 bilhões, a soma chegou a US$ 5 trilhões, de acordo com o levantamento.

A segunda constatação é a do fortalecimento das empresas envolvidas com o comércio eletrônico. O valor total das marcas de varejo cresceu 21%, puxado pelo desempenho das líderes globais do e-commerce. Esse cenário é particularmente verdadeiro para a Amazon. O valor marca da empresa cresceu 32%, ou US$ 130 bilhões, para US$ 415,9 bilhões, respondendo por um terço do avanço total do BrandZ Top 100.

Não por acaso, a fortuna de Jeff Bezos, fundador e CEO da companhia, engordou mais de US$ 35 bilhões entre o início de março e o início de junho. O aumento foi o mais acentuado registrado nos Estados Unidos nesse intervalo, segundo um relatório publicado no início deste mês (relembre aqui).

Força (ainda maior) da tecnologia

O surgimento do novo coronavírus também acentuou a valorização de marcas de empresas de tecnologia, que dominaram as dez primeiras posições (Apple, Microsoft e Google, por exemplo, vieram, nessa ordem, logo depois da Amazon no ranking). A rede social de origem chinesa TikTok, também uma empresa de tecnologia, foi, por sua vez, a principal estreante da lista. Ela apareceu na 79ª posição, avaliada em US$ 16,9 bilhões. A pesquisa completa da Kantar está neste link.

Clique aqui e leia no Vida de Empresa histórias sobre como as companhias estão enfrentando o coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui