Como a pandemia transformou os planos de contingência das empresas

Leia também

A pandemia transformou os planos de contingência das empresas. Para atravessar a crise do novo coronavírus, elas precisam tentar antever tendências e ser ágeis para criar produtos e serviços para as necessidades dos próximos 12 a 18 meses. “Ter planos de contingência não é o mesmo que ter planos futuros”, diz Awy Webb, CEO do Future Today Institute.

Ouça o comentário sobre o tema no boletim do Vida de Empresa na CBN Rio:

Clique aqui e leia no Vida de Empresa histórias sobre como as companhias estão enfrentando o coronavírus.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

Disputas tributárias somam R$ 5,4 bilhões, ou 75% do PIB brasileiro

Uma das poucas unanimidades entre os economistas é que a reforma tributária é necessária. Embora exista muita divergência sobre qual modelo tributário o país...

Custos com saúde mental chegam a US$ 2,5 trilhões por ano

Se estresse e problemas de esgotamento de funcionários já eram comuns antes da pandemia da Covid-19, com o isolamento forçado para a contenção do...

Cresce interesse de investidores sobre ESG no mercado brasileiro

O ESG provou que não é apenas uma moda. As empresas e investidores se preocupam tanto com questões ambientais, sociais e de governança como...

Fintechs brasileiras batem recorde e captam mais de US$ 1,9 bilhão em 2020

Um levantamento da Distrito Dataminer, braço de inteligência de mercado da empresa de inovação aberta Distrito, afirma que o ano de 2020 foi de...

Levantamento do Linkedin mostra que trabalhadores terminaram 2020 menos otimistas

Trabalhadores brasileiros fecharam 2020 menos confiantes. Isso foi o que mostrou a quinta edição do Índice de Confiança do Trabalhador, realizado pelo LinkedIn, a...