Redes de cinema reabrem nos EUA, ações disparam, mas incertezas continuam

Leia também

A rede de cinemas AMC anunciou nesta quinta-feira (13/8) que vai reabrir suas salas nos Estados Unidos na próxima quinta, dia 20, após meses de interrupção de atividades por causa da pandemia. Um dia depois da notícia, a rede Cinemark também informou que deve ampliar o número de unidades a serem reabertas nas próximas semanas. As primeiras cinco voltaram a receber público em julho, mas, nesta sexta (14/8), o número chegou a quase 60 (de um total de 345) nos EUA.

Com as decisões anunciadas pelas empresas, as ações de ambas tiveram forte alta nesses dois dias. Os papéis da AMC subiram mais de 14% nesta quinta. Negociados por US$ 5,31 no fim do dia, eles voltaram a fechar acima de US$ 5 após quase dois meses. As ações da rede Cinemark, por sua vez, chegaram a avançar quase 10% nesta sexta, embora tenham perdido fôlego ao longo da tarde.

A disparada dos papéis de AMC e Cinemark pode ter sido um sinal de “otimismo” dos investidores com a retomada, mas as incertezas sobre como será essa volta permanecem. Desde junho, as duas redes ensaiavam um retorno. No entanto, as datas que anunciaram foram alteradas mais de uma vez ao longo desse tempo.

Além disso, o quadro da pandemia nos EUA continua bastante negativo. No país, líder mundial em números absolutos tanto de casos quanto de mortes causadas pela covid-19, teme-se uma segunda grande onda de infecções. Os alertas têm sido feitos por cientistas como Anthony Fauci, considerado o principal infectologista do país.

Centenário na pandemia

Em um misto de promoção de reabertura e comemoração de seu centenário, a AMC, a maior rede de cinemas do mundo, vai cobrar US$ 0,15 por ingresso, valor que corresponde a menos de R$ 1. Ela espera abrir dois terços de suas mais de 600 salas até o lançamento do filme Tenet, de Christopher Nolan, em setembro. Os demais cinemas da rede nos EUA vão abrir “somente após autorização de estados e autoridades locais”, segundo a companhia.

Como a crise do coronavírus atrasou uma série de lançamentos, estarão em cartaz na AMC filmes como A Origem, Pantera Negra, De Volta para o Futuro e Star Wars – O Império Contra-Ataca. O preço promocional será praticado apenas no dia 20, mas os ingressos continuarão mais baratos que de costume também depois da reabertura. O Cinemark também exibirá filmes clássicos e com preços promocionais na retomada.

Clique aqui e leia no Vida de Empresa histórias sobre como as companhias estão enfrentando o coronavírus.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

#NãoVolte: CEOs defendem que mundo não volte a ser como antes da pandemia

Um grupo de quase 50 líderes empresariais brasileiros, entre os quais estão mais de 30 CEOs, aderiu a uma campanha internacional que defende que...

O que coloca São Paulo entre os 100 maiores polos científicos do mundo

São Paulo está entre os 100 principais polos de produção científica do mundo, segundo um novo ranking, publicado neste início de setembro. A lista é um...

Filantropia aumenta a desigualdade em vez de reduzi-la, diz novo livro

A filantropia nunca foi tão intensa no mundo quanto nos dias de hoje, mas, em vez de ajudar a reduzir a distância de renda...

Carlos Brito, da AB InBev: os três pilares da liderança corporativa

Após mais de uma década, Carlos Brito pode estar perto de encerrar sua trajetória como principal executivo da Anheuser-Busch InBev. O Financial Times informou nesta...

As diferenças entre o boom de IPOs de 2020 e o de 2007

Se o ritmo atual se mantiver, o mercado de capitais brasileiro deve registrar um volume recorde de lançamentos de novas ações na B3. Nesta...