A constelação de executivos do Bayern, campeão europeu de futebol

Leia também

O Bayern de Munique conquistou no último domingo (23/8) a Champions League, principal competição de clubes do futebol europeu – e do mundo – ao derrotar o Paris Saint-Germain por 1 a 0. Esse foi o sexto título dos alemães na história do torneio. A força da equipe aparece em sua coleção de troféus, mas também pode ser atestada pelos nomes que integram seu conselho de administração: no grupo estão alguns dos principais nomes do mundo empresarial da Alemanha (e do continente).

A direção executiva do Bayern tem seis integrantes, alguns deles ex-atletas do clube. O presidente é Karl-Heinz Rummenigge, atacante que atuou pela equipe entre os anos 70 e 80 e disputou três edições da Copa do Mundo (1978, 1982 e 1986) pela então Alemanha Ocidental. O conselho, por sua vez, tem nove integrantes. Alguns deles representam Adidas, Allianz e Audi, empresas que têm, somadas, uma fatia de 25% do clube (os demais 75% pertencem a seus quase 300 mil sócios-torcedores).

Saiba quem forma a constelação de líderes corporativos do conselho do campeão europeu:

Herbert Hainer (ex-Adidas)

O executivo de 66 anos preside o conselho de administração do Bayern desde o fim de 2019. Em sua carreira, ele atuou por quase uma década na Procter & Gamble, mas a maior parte de sua trajetória foi construída na Adidas. Hainer trabalhou na fabricante de artigos esportivos entre 1987 e 2016, quando se aposentou; os últimos 15 anos foram como CEO. Ele é hoje também do conselho da consultoria Accenture.

Uli Hoeneß (ex-atacante e ex-presidente)

O sucesso que o Bayern de Munique alcançou nas últimas décadas nos gramados e também nos negócios deve-se, em grande parte, ao trabalho de Uli Hoeneß. Atacante campeão do mundo pela Alemanha Ocidental em 1974, ele foi diretor esportivo do Bayern por três décadas, entre 1979 e 2009, ano em que foi eleito presidente do clube. Hoeneß ocupou o cargo até 2014, quando foi preso por evasão fiscal; ele cumpriu 18 meses de pena, sendo seis em regime fechado. O dirigente é hoje vice-presidente do conselho, além de presidente de honra do Bayern.

Herbert Diess (Volkswagen)

Também vice-presidente do conselho do clube, Herbert Diess preside o conselho de administração da Volkswagen, grupo que controla a Audi, uma das acionistas do Bayern. Diess, de 61 anos, foi o presidente-executivo da marca Volkswagen até junho deste ano.

Werner Zedelius (ex-Allianz)

O conselho de administração do Bayern de Munique tem um trio de vice-presidentes, formado por Uli Hoeneß, Herbert Diess e Werner Zedelius. Aos 62 anos, Zedelius é ex-membro da diretoria executiva da Allianz, seguradora e grupo de serviços financeiros que é uma das acionistas do clube. O executivo está no conselho desde 2015.

Michael Diederich (UniCredit)

A trajetória executiva de Michael Diederich foi toda construída no setor financeiro. Entre outras atividades, ele hoje exerce a de porta-voz do conselho de administração do UniCredit. O banco italiano controla o HypoVereinsbank, do qual Diederich já foi presidente.

Timotheus Höttges (Deutsche Telekom)

Desde 2014, Timotheus Höttges, de 57 anos, é o CEO da Deutsche Telekom, maior operadora de telecomunicações da Europa em faturamento. As atividades do executivo incluem ainda a participação em conselhos de administração de empresas como a montadora Daimler, dona de marcas como a Mercedes, e da Henkel, do setor químico.

Dieter Mayer

Nascido em Munique, Dieter Mayer, de 65 anos, encabeça o comitê de auditoria do Bayern. Ele é professor honorário da Ludwig-Maximilians University, também de Munique, e atua como cartorário em sua cidade natal desde 1996.

Edmund Stoiber (ex-governador da Baviera)

Edmund Stoiber é um líder político alemão. Perto de completar 79 anos – seu aniversário é no dia 28 de setembro -, ele foi governador da Baviera, província (ou estado) mais populosa da Alemanha, da qual Munique é a capital. Na eleição legislativa de 2002, Stoiber chegou a ser o favorito para o posto de chanceler (primeiro-ministro) do país. O indicado naquele ano acabou sendo Gerhard Schröder.

Theodor Weimer (Deutsche Börse)

Com passagens pelas consultorias McKinsey e Bain & Company e pelo banco Goldman Sachs, Theodor Weimer é o atual CEO da Deutsche Börse, dona da Bolsa de Frankfurt, uma das maiores bolsas de valores do mundo. O executivo tem 60 anos e, além de compor o conselho do Bayern, dedica-se ainda uma série de organizações não-governamentais, entre elas a Associação de Amigos da Filarmônica de Berlim.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes