Manifesto defende reforma tributária como meio para reduzir desigualdades

Leia também

Não há economista que não defenda

Anabolic steroids and generics Viagra is a naturally produced substance in humans that is used as a dietary supplement and as an mass builder 1 cycle ingredient in certain medical foods that are intended to promote wound healing and provide nutritional support for people with muscle wasting due to cancer or HIV/AIDS.

uma reforma tributária no Brasil. Mas o consenso termina na definição da necessidade. Cada segmento econômico, corrente ideológica ou política defende modelos diferentes, impedindo esta agenda de avançar. Há quem diga que, dependendo da reforma que o país vier a adotar, a situação tributária pode piorar.

Para ajudar neste debate, entidades lançaram, nesta semana, um manifesto “Pra Ser Justo” a favor da reforma. Mas ao invés de pensar em segmentos econômicos, a ideia é buscar uma reforma simples, justa e transparente e usar o sistema tributário para ajudar a reduzir a desigualdade no Brasil.

“Nosso sistema tributário é regressivo: penaliza os mais pobres. Como a carga incide mais sobre o consumo, eles pagam proporcionalmente mais que os ricos. A reforma tributária precisa corrigir esta distorção”, afirma a cientista política e idealizadora do Manifesto, Renata Mendes.

Entre os signatários desta iniciativa, estão a Endeavor, organização global sem fins lucrativos com missão de multiplicar o poder de transformação de empreendedores, o Centro de Liderança Pública (CLP), organização suprapartidária que busca engajar a sociedade e desenvolver líderes públicos para enfrentar os problemas mais urgentes do país e o movimento #UnidosPeloBrasil, formado por mais de 20 entidades que defendem uma agenda positiva e pragmática de curto prazo.

O documento indica que a reforma deve focar na  redução de desigualdades e impulsionamento da economia.  “A reforma tributária que queremos reduz desigualdades, gera mais empregos e aumenta nossa capacidade de empreender. É um conjunto de regras para todos e não de exceções para poucos”, afirma Mendes. 

O Manifesto Pra ser Justo tem como pilares a simplificação e a transparência; o fortalecimento da cidadania; a capacidade de reativar a economia, impulsionar o emprego e o empreendedorismo por meio de uma estrutura condizente com as condições de competitividade observadas no resto do mundo.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes