Fundos de pensão brasileiros querem investir em ESG e no exterior, aponta pesquisa da Mercer

Leia também

Um levantamento da Mercer, consultoria americana de negócios, com 53 entidades fechadas de previdência complementar no Brasil apontou duas prioridades para os investimentos em 2021: ativos focados em ESG (sigla en inglês para responsabilidade em questões ambientais, sociais e de governança) e na diversificação com ativos no exterior. Denominado “Tendências de Investimento 2021”, o estudo abrange seis das dez maiores Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC) do país, abrange no total 219 planos que juntos detêm R$ 275 bilhões em ativos.

“O ESG é uma tendência e a adequação dos portfólios de investimentos é importante, necessária e irá exigir, de todos os atores de mercado, uma postura ativa para capturar as melhores oportunidades e gerenciar os riscos envolvidos”, afirma Maurício Martinelli, líder de Investimentos da Mercer Brasil.

A pesquisa mostrou que 64% dos maiores fundos (com patrimônio acima de R$ 2 bilhões) consultados indicaram que possuem uma política para investimento responsável, sendo que 41% apontaram que pretendem melhorá-la. “Mas é preciso ter em mente que esse não é um tema que se endereça em um ou dois anos, mas sim ao longo de uma década, pelo menos”, alerta Martinelli.

O documento aponta ainda que os grandes fundos também pretendem aumentar sua exposição fora do país, sendo que 88% dos consultados com esse perfil afirmaram que pretendem incrementar em 73% sua alocação em 2021.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

Fitch: Volta do crescimento não é suficiente para reparar as finanças públicas da América Latina

A Fitch Ratings publicou nesta terça-feira um relatório que serve de alerta para os países e empresas da região:  a retomada do crescimento econômico...

Como manter sua equipe motivada no home office?

Há um ano o trabalho remoto era um desafio para a sobrevivência de empresas e negócios no início da pandemia. A transição para o...

Autenticidade e transparência são chave nas crises de comunicação em tempos de redes sociais, dizem especialistas

Em um mundo de ativismo global e repercussões em tempo real, estar prevenido quanto aos eventuais problemas decorrentes de crises em um negócio é...

Modelo híbrido é o preferido para pós-pandemia para mais da metade dos trabalhadores, diz pesquisa

Como será o trabalho no pós-pandemia? Muitas instituições estão pesquisando e propondo modelos, dos mais diversos. A consultoria americana McKinsey & Company apresentou uma...

Estudo aponta a bioindústria como caminho para desenvolvimento sustentável da Amazônia

Há caminho para o desenvolvimento com sustentabilidade, e ele passa por pesquisa, desenvolvimento e pela bioindústria. Esta é a conclusão do estudo “Amazônia e...