Logística reversa de embalagens é aposta de marcas de cosméticos para compensação ambiental

Leia também

O setor de cosméticos vem sendo cada vez mais cobrado para não cuidar apenas da beleza dos clientes, mas da responsabilidade social. O debate avança em várias frentes, do desenvolvimento de produtos sem testes em animais e menos poluentes ou que ajudem no desenvolvimento de comunidades locais de forma sustentável. E, como não poderia deixar de ser, há um debate sobre embalagens.

Com o objetivo de melhorar sua performance de reciclagem, as marcas da categoria de cuidados com o cabelo da P&G firmaram uma parceria com a startup eureciclo, que conecta marcas a cooperativas de reciclagem. O objetivo é garantir a reciclagem do dobro do volume das embalagens que a gigante do cosmético produz no Brasil.

Pela parceria, os produtos Aussie, Head&Shoulders e Herbal Essences, passam a contar com um sistema de logística reversa a partir de um modelo de reciclagem com responsabilidade social. O projeto é um compromisso que tem a finalidade de compensar o uso de embalagens das marcas. Aussie, Head&Shoulders e Herbal Essences informam quantas toneladas de plástico geraram com a venda dos produtos e a startup calcula o passivo ambiental equivalente.

Assim, as embalagens dessas marcas passam a estampar o selo eureciclo, responsável por informar os consumidores sobre essa prática sustentável, a fim de reforçar o compromisso com a reciclagem e permitir que o público faça escolhas mais conscientes. Aussie e Herbal Essences reciclam o dobro de resíduos das embalagens que são depositadas no meio ambiente e Head&Shoulders recicla 100% dos resíduos gerados ao meio ambiente com suas embalagens.

“Estamos em uma jornada contínua de sustentabilidade em nossas marcas para que, com um passo de cada vez, possamos garantir a sustentabilidade do nosso negócio a longo prazo. Por isso, projetos de logística reversa como esse com a eureciclo são fundamentais, uma vez que mostram como a inovação, que é um dos pilares da P&G, pode ser uma forte aliada ao movimento de consciência ambiental e cuidado com o nosso planeta”, explica Isabella Zakzuk, Diretora Sênior de Operações de Marcas e líder da categoria de beleza da P&G Brasil.

“Estamos muito felizes com esta parceria, que garante a destinação correta dos resíduos de embalagens, diminuindo o impacto negativo no meio ambiente. As ações de sustentabilidade são cada vez mais importantes e, juntos, contribuímos para que as taxas de reciclagem evoluam no país, além de incentivar os profissionais dessa cadeia, gerando impacto socioeconômico e ambiental em todas as pontas”, explica Luca Degrandis, Novos Negócios na eureciclo.

A eureciclo certifica a logística reversa de embalagens pós-consumo de empresas de todo o Brasil, por meio de uma plataforma de tecnologia que rastreia os dados da cadeia de reciclagem e confere consistência e escalabilidade ao processo, fornecendo para a indústria certificados de reciclagem robustos e transparentes. Todo o processo é auditado pela Ernst & Young. A empresa é certificada como Empresa B, conceito que indica um modelo de negócio voltado para o desenvolvimento social e ambiental e é a única brasileira presente no ranking 50 To Watch, lista que reúne companhias de todo o mundo que buscam soluções para combater a crise climática.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes