Até 2025, Grupo Boticário deixará de usar por completo materiais de origem animal

Leia também

Até 2025 o Grupo Boticário, um dos maiores conglomerados de beleza do mundo, deixará de usar matérias-primas de origem animal em todas as suas marcas (O Boticário, Eudora, Quem Disse, Berenice?, BeautyBox, Multi B, Vult e O.u.i). Para a nova meta, já a partir de setembro de 2021 todos os lançamentos serão completamente veganos.

Os produtos que já estão no mercado passarão por um processo de reformulação e adequação ao longo dos próximos três anos, sendo que alguns deles já passaram ou estão passando por isso. Um dos exemplos disso é a linha de maquiagem Intense, do Boticário, que foi relançada em 2020 em versão totalmente vegana.

Essa iniciativa faz parte do projeto Uma Beleza de Futuro, que elenca compromissos para a área de sustentabilidade e responsabilidade social até 2030.

“Em 2020, 85% dos desenvolvimentos do Grupo Boticário não usaram ingredientes de origem animal, isso corresponde a mais de 1 mil opções veganas. Com este compromisso que assumimos agora, queremos chegar a um portfólio 100% vegano o quanto antes”, afirma Gustavo Dieamant, diretor de Produto&Desenvolvimento do Grupo Boticário.

O Grupo Boticário também é pioneiro no Brasil na adoção de práticas Cruelty Free: há 21 anos a companhia não realiza seus testes em animais e, desde 2017, não usa ingredientes de origem animal que são provenientes de sofrimento. Há mais de cinco anos, criou uma pele 3D, que replica células de pele humana no laboratório.

Uma pesquisa realizada pela Nielsen Brasil em 2019, Green is the new black, revelou que produtos sustentáveis em Higiene & Beleza (H&B) ganharam relevância no faturamento das empresas e estão cada vez mais presentes no dia a dia das famílias brasileiras. Os lares que declaram ter hábitos e atitudes sustentáveis já somam mais de 7 milhões no país e concentram 18,2% do faturamento de Higiene & Beleza.

O estudo mostra que ser sustentável passou a ser um fator de decisão no momento de compra, com o tema na lista das TOP 3 preocupações para mais de 32% da população. Segundo o levantamento, do total de lares sustentáveis no Brasil, 53,7% são compostos de 3 a 4 pessoas, 65,6% são mulheres e 3,8 milhões pertencem às classes econômicas A e B.

Movimento Beleza Transparente
No último mês, o Grupo Boticário anunciou a criação da plataforma “Beleza Transparente”, que de acordo com a empresa é um movimento por mais transparência e sustentabilidade que reúne conteúdos sobre o universo químico e científico da cadeia de produção do mercado de beleza. Segundo o grupo, a estratégia de compartilhar conhecimento visa estimular o consumo consciente e convidar os consumidores a refletirem sobre inovação em prol de uma cadeia produtiva mais sustentável.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes