Sebrae lança aplicativo para ajudar pequenas empresas em licitações

Leia também

O Sebrae e o Ministério da Economia disponibilizaram uma nova versão do aplicativo compras.gov.br, para ajudar micros e pequenas a participarem de licitações. O app que pode ser baixado, gratuitamente,
pelo IOS e Android, objetei a simplificar e facilitar o acesso de microempreendedores individuais (MEI) e micro e pequenas empresas às compras públicas.

Entre as novas funcionalidades do novo aplicativo estão uma central de mensagens, emissão de avisos, comunicações e notificações e a visualização dos editais de licitação. O aplicativo ainda permite a utilização de filtros para configurar o recebimento de avisos de licitações de acordo com a linha de atuação de fornecimento da empresa, downloads de editais e compartilhamento, via e-mail, das licitações. Ale disso, o Compras.Gov.BR acaba com a necessidade das micros empresas de fazer o cadastramento no site do Sicaf (Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores), algo que tende a desburocratizar as compras públicas, podendo cumprir essa etapa diretamente no aplicativo.

“O governo nunca para de comprar. Ele sempre precisa de produtos e serviços que movimentam a máquina pública, seja na aquisição de material e nas construções de escolas, estradas, hospitais, entre outros. Para isso, ele precisa do fornecimento dos pequenos negócios. Vale lembrar que o APP vai ser bom para todas as empresas, mas entendemos que será muito bom para as MPE porque ira simplificar o acesso ao mercado das aquisições públicas. Tudo agora poderá ser feito com alguns cliques, na palma da mão”, ressalta a analista de Desenvolvimento Territorial do Sebrae, Denise Donati.

De acordo com levantamento feito pelo Sebrae, com base em informações do Painel de Compras Públicas do Ministério da Economia, as micro e pequenas empresas participaram em mais da metade dos processos de aquisições de produtos e serviços feitos pelo governo federal, nos últimos três anos. Dos 195,8 mil processos, realizados entre 2019 e 2021, os pequenos negócios tiveram uma participação em 107,7 mil, o que corresponde a 55% de participação nos processos realizados. Nesse período, 81,2 mil MPE forneceram para a União e movimentaram mais de R$ 80 bilhões.

A participação dos pequenos negócios nas compras públicas governamentais é prevista na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. Entre os dispositivos elaborados está a obrigatoriedade da participação exclusiva dos pequenos negócios nas licitações de até R$ 80 mil, além da possibilidade de criação de um lote restrito para os pequenos dentro de uma licitação que tenha um valor maior.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes